quinta-feira, 7 de maio de 2009

O ano que eu não tive aniversário.


Eu adoro fazer anivérsario. Ainda que fosse um café da manhã, só com minha família, sempre foi uma festa. Eu não gosto de quem não gosta de comemorar aniversário. É o seu nascimento - ou re-nascimento, a cada ano que passa - , nascimento de relações complexas, importantes: nasce um filho, um irmão, um neto, um sobrinho, um afilhado, um futuro amigo. Nascem tantas coisas junto com aquele ser humano que, pra mim, é impossível não comemorar.

Meus anivérsários de criança sempre foram super comemorados, sempre com festinhas em casa, que eram preparadas durante semaaaanas, culminando com a preparação do bolo na noite anterior - que era devidamente escondido e surpresa!!! na hora de ver a mesa do bolo pronta, com os docinhos e os balões. Era semana de juntar a família pequena que nós temos e também a agregada: amigas, filhas das amigas, primas, a mulherada toda ajudando. Às vezes passávamos meses sem nos ver, mas perto do aniversário de alguém (o meu, no caso), todo mundo se falava e o mutirão estava armado.

Apenas uma vez passou pela minha cabeça não comemorar o meu anivérsario, mas fui demovida da idéia por meu marido, que preparou uma festinha super legal e no fim, eu fiquei feliz de ter alguém do meu lado que teve a iniciativa de não deixar eu me levar por qualquer bobagem e me arrepender depois.

Faltam 2 dias para o meu aniversário. E confesso que quase me esqueci disso esse ano. Não houve contagem regressiva de último mês, nem me lembrei do meu inferno astral - e ele veio mesmo assim - nem pensei ainda que domingo eu farei 26 anos. Mas não foi por ódio, drama ou outra coisa ruim.

Não pensei em nada porque domingo será o nosso casamento e todas as minhas energias estão há 1 ano e 8 meses voltadas para isso. Às vezes mais, outras menos, mas sempre ali, presentes, a expectativa e a vontade de que chegasse logo. E o engraçado é que mesmo não sendo uma festa de aniversário, toda aquela sensação de surpresa e o que será que vai acontecer, está aí. Os velhos amigos, a família, os amigos que ajudam na trabalheira, os que ajudam na diversão, vai ter bolo surpresa também, que só verei na hora. Também será uma celebração à vida; à nossa vida comum, minha e de Henrique. Uma celebração ao nascimento da nossa família, da vida nova que construimos juntos a cada dia. E lá estarão todos que puderam estar, e aqueles que não puderam, estarão de alguma forma.

Tenho medo de ser diferente do que imagino, não quero chorar na cerimônia, quero prestar atenção a cada minutinho e aproveitar tudo no maior aniversário que já tive. Acho que só vai faltar balão e Parabéns. Ou melhor, vai não. ;)

11 comentários:

Rê Araujo disse...

Zeza, que coisa mais linda!! Esse aniversário será mais que especial: terá uma comemoração a mais, o amor que te une ao seu Henrique. Agora quem está ansiosa para ver as fotos sou eu! Vai com tudo!! Beijocas, Rê.

joana disse...

Zeza, to aqui enxugando as lágrimas, delicadamente, de emoção, pelo carinho que sinto por você, e um pouco também de remórcio por não poder estar aí. Vai ser o melhor dos aniversários e esse ano, apesar da distância, eu me junto ao coro dos que batem palminha em sua homenagem, e agradecem por esses 26 anos de ZEZA.
Beijo grande minha flor,
da sua Jojô

Aline - BA disse...

Tenho certeza de que tudo vai ser lindo!! Sinta-se abraçada!! Estou aqui vibrando pela felicidade e o amor de vcs!!! Beijos!!

Julia Niquet disse...

vai ser lindo! e vai fazer todos os outros aniversários ainda melhores.

isso é uma grande conquista mocinha. aproveite cada minuto. e se chorar, sinta toda essa emoção. são poucas as vezes que a gente chora de felicidade, não?

Cristina Gallardo disse...

Zeza, estou passando para desejar um casamento maravilhoso para você.
Toda a felicidade do mundo nesse dia e em todos os outros que seguirao...

Beijos

Carolina disse...

Aviso logo que estou aqui ao lado da querida Zeza fazendo as caixinhas das lembrancinhas :) eu sou uma amiga fuleira que já dormi no meio das caixas :P mas já voltei a postos!! e ela nem sabe que estou aqui escrevendo! :)

Zeza e Henrique, o casório vai ser com a bênção dos Céus! Com a Bênção dos Orixás da Bahia. Com a bênção dos pais de vocês, dos amigos, da Chuva de Iansã, das diversas pessoas que vieram de São Paulo, Rio, Recife, Brasília, Macapá, etc etc... As pessoas vem debaixo de chuva, de sol, de avião, de jegue, a pé, trazendo flores, trazendo amores, trazendo SORRISOS para compartilhar essa ENORME ALEGRIA que vocês dois baianos nos traz, sempre!!

RISADASSSS GARGALHADASSS ALEGRIAAAAA

TIIIMMM TIMMMMM QUERIDOS!!!!
Obrigada por estar de volta a essa terra cheia de magia e encantos, meeesssmo debaixo de chuva, porque até a chuva cai dançando, rebolando, descendo a ladeira :))

ESTOU MUUUITOO FELIZ!!!!:)

Quem venha TUDO, que venha O SOL, que venha, O AMOR, O COMPANHEIRISMO e o CARINHO!

Amém, queridos!!!!
Carol

Janinha disse...

Olá, procurando blogs de Salvador, acabei encontrando o seu... adorei! Virei visitar mais vezes pra te conhecer melhor. Passe no meu blog tb!

Volto logo pra ver novas postagens!

Bjocas, Janinha

Bia e Cris disse...

Ai, meu Deus, não me deixo sem notícias! Volta logo e conta como foi!
Ah, feliz aniversário!!!!!

Mariliz Renata disse...

E aí, Zezé!!!! Conta como foi!!!!
Quero saber tudinho, quero fotinhos, quero td que vc puder contar!!!!

Torci muito pra que tudo tenha sido lindoooooooo!

Bjo bjo pra vc!

Rô. disse...

Queremos notícias suas...
Bjocas!!!

Isabela Sady disse...

Zeza,
Volta com notícias...por favor estamos muito curiosas...rs
super beijoooo